Ana Flávia Weidman

Ana Flávia Ribeiro Weidman, 30 anos, é servidora pública federal e já veio ao mundo comemorando uma vitória rubro-negra. É perdidamente apaixonada pelo Furacão e fica com os olhos marejados toda vez que vê o time entrando em campo e ouve os primeiros acordes do hino atleticano!


16/04/2014

... só parem de tentar me colocar um cabresto e dizer como eu devo me comportar. Deixe-me curtir o meu amor!


25/03/2014

Nasci atleticana. Não tenho como negar tal fato, nem lutar contra esse impulso rubro-negro. Morrerei atleticana.


18/03/2014

Nem Petkovic nem Miguel Ángel. Não tenho confiança em nenhum dos gringos que comanda o Furacão.


11/02/2014

E nesse clima de "tudo é possível" vamos pro primeiro jogo da fase de grupos da Copa Libertadores já na quinta-feira.


04/02/2014

... é a partida que define a nossa participação no torneio mais importante do continente. Muita coisa em jogo e não podemos deixar a vaga escapar!


28/01/2014

O ano mal começou e já temos o jogo mais importante da vida na quarta-feira. Vamos vencer, meu Furacão!


14/01/2014

... decidi que em 2014 quero curtir o Atlético com a ignorância que eu tinha anos atrás.


25/11/2013

Como eu amo esse clima de agonia, essa esperança de título compartilhada, esse sonho atrevido de conquistar um caneco épico no maior do mundo, na pretensão moleque de meter o nosso Maracanazo na história do futebol. Já tenho um sorriso no rosto e o coração cheio de alegria só de poder sonhar com um feito desses.


19/11/2013

Acreditar não é ter soberba. Ter fé no título é bem diferente de desprezar o adversário. E pelo que vejo dos jogadores atleticanos, motivação para lutar até o fim não faltará.


05/11/2013

Garantir a vaga na Libertadores é importante, mas nada se compara ao sentimento de ser CAMPEÃO!


03/09/2013

... prefiro viver essa euforia e depois ter que juntar os cacos de um coração em pedaços a passar por uma vida inteira sem experimentar a emoção que só o Atlético é capaz de proporcionar!


23/07/2013

Pior que uma nova queda é o caminho que o clube esta traçando no relacionamento com aquilo que o Furacão tem de mais precioso que é o atleticano. As nefastas consequências do muro que está sendo levantado entre nós, torcedores, e o clube não irão desaparecer com Arena padrão FIFA e teto retrátil.


09/07/2013

E assim vamos nós, ano após ano brincando de fazer futebol, apostando num planejamento improvável exatamente quando mais precisaríamos acertar.


04/06/2013

Nunca fomos uma torcida morna. Chatinha. O sangue rubro-negro é quente!


14/05/2013

Domingo senti a derrota, embora soubesse do quão improvável era uma vitória. Desculpem se não consigo me acostumar em perder pros coxas e muito menos me contento com desculpas pra lá de esfarrapadas.


03/05/2013

Repito: o sub-23 já cumpriu o seu papel. Agora é hora de curtir o momento e fazer valer os sagrados 90 minutos que consagram os campeões. Nossos meninos já foram muito mais longe do que se esperava. Podem agora cravar seus nomes na história do clube! Que assim seja!


 
Últimas Notícias