Ana Flávia Weidman

Ana Flávia Ribeiro Weidman, 32 anos, é servidora pública federal e já veio ao mundo comemorando uma vitória rubro-negra. É perdidamente apaixonada pelo Furacão e fica com os olhos marejados toda vez que vê o time entrando em campo e ouve os primeiros acordes do hino atleticano!


16/06/2015

Alguns jogos são mais especiais que outros. O Atletiba é um deles! Não se tratam apenas de três pontos, de uma vaga dentro de uma competição ou de um título. Vitória em Atletiba vale muito mais que isso! Vale o nosso amor, vale a nossa honra e vale o nosso prazer!


03/06/2015

Por mim seria sempre assim. O Atlético teria a cara do Atlético, um time copeiro, humilde, raçudo e empolgante! Bem mais que a qualidade do time, importa olhar para dentro do campo e enxergar o meu Furacão! E hoje é assim que é: o time que entra em campo entrega a alma!


22/05/2015

... gostaria de chamar a atenção para algo que tento – em vão, diga-se de passagem – debater com outros atleticanos, especialmente aqueles que apoiam a atual gestão: precisamos de maturidade no debate a respeito das coisas do Atlético.


11/05/2015

Ontem, Walter fez o que gostaríamos que todo e qualquer atleta ou funcionário do Atlético fizesse: que honrasse a nossa camisa nos dando um mínimo de orgulho e esperança de dias melhores.


15/03/2015

O problema do Atlético é bem maior que esse. É mais profundo. É muito mais delicado. É a forma como o Atlético tem sido administrado nos últimos anos. É o rumo que as coisas estão tomando. É o que o Atlético está se tornando: um clube sem alma.


29/11/2014

Estamos desde 2009 sem comemorar um título sequer. Só vamos mudar isso com muito trabalho, muito empenho de todos e muita união. Baixada devidamente entregue, chegou o momento de resgatar aquele entusiasmo esquecido.


17/10/2014

Que caiam as máscaras, que caia a moral de gente que torce por um projeto e não por um time, mas que não caia o Clube Atlético Paranaense.


03/09/2014

Hoje entraremos portões adentro do Joaquim Américo e daremos alma e cor rubro-negra para aquele amontoado de tijolos cinza. É nesta noite que a Baixada voltará a ter vida!


27/08/2014

..., vamos direto aos pontos: Leandro Ávila, a estreia na Copa do Brasil, os dois zagueiros e a festa de retorno à Baixada.


15/08/2014

Este retorno é simbólico. Marca um grande feito. Pontua um novo e, esperamos todos, promissor futuro para o clube. Deve ser comemorado. Celebrado. Tem que ter festa!


14/07/2014

É um sonho! A Baixada ficou linda, está a nossa cara e o futuro certamente nos dará momentos inesquecíveis para serem vividos ali naquele gramado.


14/05/2014

O dia chegou!


24/04/2014

Não é tão difícil atingir o coração do torcedor. Basta deixar de lado o jeito homem de negócios de agir e pensar como um de nós: com amor e paixão!


16/04/2014

... só parem de tentar me colocar um cabresto e dizer como eu devo me comportar. Deixe-me curtir o meu amor!


25/03/2014

Nasci atleticana. Não tenho como negar tal fato, nem lutar contra esse impulso rubro-negro. Morrerei atleticana.


18/03/2014

Nem Petkovic nem Miguel Ángel. Não tenho confiança em nenhum dos gringos que comanda o Furacão.


 
Últimas Notícias