Furacao.com
Notícias

Brasileiro | domingo, 27 de agosto de 2017, 17h55

Não deu!

Por: Thays Kloss (Furacao.com)

Foto Destaque

Furacão perdeu fora de casa e continua fora do G6. [foto: Cleber Yamaguchi/AGIF]

Querendo continuar a boa fase de recuperação no Brasileiro e buscando a vaga no G6, o Atlético foi até a Ilha do Urubu enfrentar o Flamengo nesse domingo (27), às 16h. O confronto era direto pela vaga na Libertadores, com os dois times com dois pontos de diferença. O Furacão foi buscar mais uma vitória fora de casa, mas acabou levando dois gols logo no primeiro tempo e amargou a derrota.

Primeiro tempo sofrido

Nos primeiros minutos o Atlético trocava passes e buscava o ataque. Aos dois minutos, Nikão avançou pela esquerda e cruzou para Ribamar, mas o atacante não alcançou e estava impedido no lance. Mas logo o Flamengo adiantou a marcação e ajeitou o ataque. Aos 5 minutos, Berrío driblou Paulo André e na sequência ganhou um escanteio, mas Guerrero estava impedido na cobrança. Aos nove minutos o Furacão também adiantou a marcação e obrigou o goleiro Diego Alves a dar chutão na saída de bola. Logo depois, Eduardo Henrique recebeu na entrada da área, mas o chute saiu fraco e de fácil defesa. Aos 14, foi a vez de Weverton salvar o Rubro-Negro duas vezes seguidas. Na primeira Diego foi lançado pelo meio e o camisa 12 saiu do gol e afastou o perigo. Depois, Guerrero cruzou na direção de Diego e o arqueiro mais uma vez saiu bem para a defesa. Só que aos 16 não deu. Na cobrança de escanteio feito por Everton, Guerrero cabeceou e Weverton espalmou, mas Diego estava livre para aproveitar o rebote e fez.

Tentando se recuperar, o Atlético lançou Ribamar pela esquerda, mas ao chutar na área Diego Alvez defendeu sem dificuldade. Um minuto depois, Juan lançou a bola e Wanderson tirou de cabeça, mas a bola sobrou no pé de Guerrero, que chutou para fora. O Flamengo continuou avançando pela direita, com jogadas ofensivas aproveitando o espaço aberto pelo Furacão. Quando o Rubro-Negro tentou avançar, a defesa afastou e protegeu a bola. Mas quando o Atlético conseguiu ser mais ofensivo, trocou passes demais na área e sem chutar. Zé Ivaldo tentou o tiro para o gol, mas mandou a bola sem direção.

O Flamengo foi salvo pelo goleiro quando Ribamar, aos 30 minutos, cruzou da esquerda e Diego Alvez saiu mal. No rebote, Sidcley tentou, mas o defensor se recuperou e fez a defesa. No minuto seguinte, o golpe. Berrío ganhou na dividida com Fabrício e cruzou. A defesa atleticana afastou de cabeça, mas na entrada da área Willian Arão chutou com a bola ainda no ar pra aumentar mais uma vez o placar.

Muito aberto pela direita, o Atlético começou a sofrer pelo lado. Berrío ganhou a bola mais uma vez e cruzou, Weverton saiu e espalmou. Rodinei quase aproveita a sobre, mas Paulo André afastou o perigo. Tentando diminuir o prejuízo, Pavez sobra com a bola depois de troca de passes e chuta, mas muito rasteiro e a bola acaba saindo para tiro de meta. O Atlético sentiu os gols, mas continuou tentando. Aos 40 minutos, Fabrício lançou para Ribamar. O atacante ganha na corrida contra Rhodolfo, mas o goleiro saiu e defendeu. O atacante e o defensor sofreram um pequeno choque, que parou o jogo por uns segundos. Depois disso, sem muitas emoções, o árbitro deu um minuto de acréscimo e as equipes foram para o vestiário com 2 a 0 no placar.

Segundo tempo pior ainda

O Atlético voltou ao campo precisando correr atrás do prejuízo. Logo no começo no segundo tempo mudou a estratégia e valorizou mais a posse de bola, mas apesar da troca de passes, não chegou na área. Ao invés, o Flamengo arriscou o primeiro ataque com Guerrero ganhando a bola e lançando para Everton, mas Weverton estava ali para defender.

Ainda tocando a bola e com mais volume de jogo, o Furacão estava com dificuldades de chegar ao gol. Quando chutou ao gol, aos 11 minutos, foi numa bola rasteira e sem perigo de Coutinho. Outra chance com Pablo, que na sobra do desvio de cabeça de Paulo André, após cobrança de falta, furou e perdeu a chance de finalizar!

Aos 16 minutos, Paulo André errou na saída de bola e deixou para Diego aproveitar. A sorte foi que o jogador cruzou rasteiro e fraco, com fácil defesa. Mas Diego lançou Berrío pela direita dois minutos depois, fazendo o atacante chegar na linha de fundo, mas pra sorte ele errou o cruzamento.

O Furacão foi chegando, principalmente pela esquerda. Fabrício cruzou rasteiro, mas Juan afastou o perigo. Depois, Guerrero foi lançado pela esquerda e finalizou em cima de Wanderson, que defende e o rebote sobra para Barrío passar para Arão, mas o volante, de cara a cara com Weverton furou. Em seguida, quase saiu o terceiro do Flamengo. Após cruzamento pela direita, Everton passou para Guerrero no peito, que nem esperou e chutou de primeira com força, a bola passou muito perto do gol.

O Atlético começou a assustar mais e tentar mais pelo alto. Num cruzamento de Eduardo Henrique, Pablo cabeceou pra fora. Depois, Zé Ivaldo cruzou e Coutinho cabeceou, também para fora. E aos 31, mais um cruzamento. Fabrício passou para Nikão, que também cabeceou pra fora, fazendo a rede balançar pelo lado de fora.

Aos 34, o Flamengo tentou o contragolpe. Diego passa para Arão, que acha Guerrero na esquerda. O atacante corta para dentro e bate, mas a bola desviou na defesa e quase entrou no ângulo! Aos 35, Weverton salvou mais uma vez o time. Após o escanteio, a bola sobrou na direita e Romulo recebeu cruzamento, cabeceou no ângulo direito e o arqueiro defendeu.

Aos 45, o Flamengo continuou atacando. Weverton fez uma última defesa. Everton cobrou a falta, Juan desviou de cabeça e o W12 defendeu.

Sem muito mais chances, o jogo termina aos 48 do segundo tempo e termina com derrota.

FALTA FINALIZAÇÃO: O Atlético não fez uma das suas melhores partidas, mas errou muito na hora de finalizar. Muitas vezes teve a posse de bola, mas sem chegar na área.

:

OS GOLS
1x0 - 17’/1º: Diego - Em cobrança de escanteio, Everton cobra, Guerrero cabeceia e Weverton espalma. No rebote, Diego bate de frente para o gol.

2x0 - 31’/1º: Willian Arão Berrío ganha a bola, cruza pela direita, Wanderson tira com a cabeça, mas Willian Arão, sem deixar a bola cair, chuta de primeira e marca.

PRÓXIMOS JOGOS: Coritiba (casa), Fluminense (casa), Santos (fora).

Campeonato Brasileiro - (27/08/17) - Flamengo 2 x 0 Atlético
L: Estádio Luso-Brasileiro; H: 16h00; A: Marcelo Aparecido de Souza (SP) CA: Paulo André (CAP), Pavez (CAP); CV: não houve; PP: 8.428; PT: 10.199; R: R$ 373.214,00; G: Diego (FLA), aos 17’ do 1º; Willian Arão (FLA), aos 31' do 1º.



FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Juan, Rhodolfo e Pará; Cuéllar (Vinicius Junior 78'), Willian Arão e Diego (Éverton Ribeiro 88'); Berrío (Rômulo 71'), Paolo Guerrero e Everton. T: Reinaldo Rueda.

ATLÉTICO: Weverton; Zé Ivaldo, Paulo André, Wanderson e Fabrício; Eduardo Henrique (Mateus Rossetto 71'), Pavez, Guilherme, Sidcley (Douglas Coutinho int.) e Nikão; Ribamar (Pablo int.). T: Fabiano Soares.


Facebook  

Matéria do site Furacao.com:
http://www.furacao.com/materia.php?cod=49232

© Furacao.com. Todos os direitos reservados. Reprodução permitida desde que citada a fonte.

Desde 1996 - Furacao.com - Site 100% não oficial - Agência Active