Furacao.com
Notícias

Brasileiro | terça-feira, 06 de junho de 2017, 22h02

Mais um empate

Por: Thays Kloss (Furacao.com)

Foto Destaque

Pablo acabou com a fase ruim e marcou seu primeiro gol depois de dez jogos. [foto: FURACAO.COM/Joka

Precisando de uma vitória no Campeonato Brasileiro, o Atlético voltou a campo nessa terça-feira (06) para enfrentar o Fluminense no Maracanã. Com apenas um ponto no campeonato, o Furacão precisava reagir e conseguir a primeira vitória, mas só conseguiu um empate fora de casa com gol de Pablo logo aos sete minutos e com um a menos no segundo tempo.

Primeiro tempo começou inteligente, mas no fim a defesa abriu...

O Atlético começou o jogo muito bem tecnicamente. Marcando do meio para trás, deixou o Fluminense sem muitas jogadas e apostou no contra ataque. Aos sete minutos, Lucho começou a jogada achando espaço com Jonathan na lateral, que tocou rasteiro e Pablo deu um empurrãozinho para o gol.

Mas depois de ter marcado, o Furacão recuou e resolveu se fechar, deixando com que o Fluminense tentasse vir mais para a área. Com a marcação certinha, fechada, o Rubro-Negro se defendia bem, mas deixou de criar volume de jogo e se viu obrigado a cometer faltas ou tiradas de bola. Em um dos escanteios, aos 32 minutos, o Fluminense achou o caminho das redes e empatou a partida.

Após o gol adversário, o Atlético sofreu o efeito contrário e passou a arriscar mais. Jogou de igual para igual contra o time carioca, tentando encaixar o contra-ataque. Quando saiu mais para a frente, o Furacão também aliviou o trabalho da defesa, mas seguiu para o intervalo sem conseguir virar.

Com emoções, segundo tempo foi equilibrado mesmo com um a menos

No segundo tempo as equipes souberam jogar equilibrado. Marcando bem, o Atlético ainda tentava o contra ataque até que aos 30 minutos numa jogada começada por Scarpa, que cobrou escanteio na área, o jogador Renato tentou a bicicleta, mas acabou acertando o rosto de Wanderson. O zagueiro caiu desacordado e com sangramento na boca e teve que sair de ambulância do campo.

O técnico Eduardo Baptista já tinha feito as três alterações e com um a menos, nos minutos finais, o Atlético teve que se segurar e aguentou a pressão. Ainda teve chance de virar com Nikão nos últimos momentos, mas ele demorou para bater e perdeu o gol.

DOMINANDO O MEIO: Lucho tem jogado cada vez mais. Na partida desta terça tocou bastante pelo meio, sempre procurando Nikão e Pablo para jogadas.

DESNECESSÁRIO: Renato, do Fluminense, merece o destaque negativo por tentar uma bicicleta irresponsável perto de outros jogadores, acabando acertando o zagueiro Wanderson que teve que ir para o hospital e desfalcar o Atlético.

OS GOLS:
0 x 1 - 7'/1º: Pablo - Lucho González dá lindo passe para Jonathan nas costas de Richarlison. O lateral cruza rasteiro para Pablo mandar para o fundo da rede na pequena área.
1 x 1 - 32'/1º: Reginaldo - Fluminense cobra escanteio rápido, Gustavo Scarpa traz para direita e cruza para Reginaldo mandar de cabeça para o fundo das redes.

PRÓXIMOS JOGOS: Santos (casa), Atlético-MG (fora) e Atlético-GO (fora).

Campeonato Brasileiro - (06/06/17) - Fluminense 1 x 1 Atlético
L: Maracanã; H: 20h00; A: Igor Junio Benevenuto (CBF/MG) CA: Santos, Lucho González, Jonathan, Richarlison, Léo e Renato; CV: não houve; PP: 13.029; PT: 14.843; R:R$ 255.900,00; G: Pablo, aos 7' do 1º; Reginaldo, aos 32' do 1º.

FLUMINENSE: Júlio César; Lucas (Matheus Alessando 71'), Reginaldo, Henrique e Léo; Luiz Fernando (Marcos Júnior 86'), Wendel e Renato; Gustavo Scarpa, Henrique Dourado e Richarlison (Pedro 89'). T: Abel Braga.

ATLÉTICO: Santos; Jonathan, Paulo André, Wanderson e Sidcley; Eduardo Henrique (Matheus Rossetto int.), Otávio e Lucho González (Deivid 67'); Nikão, Eduardo da Silva (Douglas Coutinho int.) e Pablo. T: Eduardo Baptista.



Facebook  

Matéria do site Furacao.com:
http://www.furacao.com/materia.php?cod=48986

© Furacao.com. Todos os direitos reservados. Reprodução permitida desde que citada a fonte.

Desde 1996 - Furacao.com - Site 100% não oficial - Agência Active