Furacao.com
Notícias

Geral | terça-feira, 23 de julho de 2013, 21h23

Ídolo Djalma Santos morre aos 84 anos

Por: Monique Silva (Furacao.com)

Foto Destaque

Djalma Santos: o melhor lateral-direita de todos os tempos [foto: ARQUIVO]

Ídolo do Atlético e bicampeão mundial, Djalma Santos morreu nesta terça-feira (23) em Uberaba. Ele estava internado desde o dia 1.º de julho em decorrência de uma pneumonia.

Maior lateral-direita do mundo e um dos melhores jogadores de todos os tempos, Djalma Santos entrou para a história do futebol ao conquistar o bicampeonato Mundial pela Seleção Brasileira, em 1958 e 1962, foi considerado pela imprensa esportiva o melhor lateral do planeta. Djalma atuou no Atlético durante três anos (1969 a 1971) e conquistou o Campeonato Paranaense em 1970.

Sua carreira teve início na Portuguesa após testes no Ypiranga e no Corinthians. Na Lusa, conquistou os Torneios Rio-São Paulo de 1952 e 1955. Jogou 453 vezes entre agosto de 1948 e maio de 1959 até se transferir para o Palmeiras, onde disputou mais 491 partidas. Pela Seleção Brasileira, conquistou a Copa do Mundo de 1958 e 1962. Disputou ainda a Copa da Inglaterra em 1966.

Djalma Santos: ídolo na história rubro-negra [arte: André Grocheveski]


Djalma Santos foi contratado pelo Atlético em 1968, fazendo parte do esquadrão idealizado por Jofre Cabral, que contou ainda com o zagueiro Bellini. Sua despedida do futebol ocorreu no dia 21 de janeiro de 1971 em jogo contra o Grêmio. Depois de deixar os gramados, tornou-se técnico, com passagem pelo próprio Atlético, mas desistiu da carreira.

Seleção Brasileira de todos os tempos

Em 2006, em votação pela internet, Djalma Santos integrou a seleção brasileira de todos os tempos, superando Carlos Alberto Torres e Cafu (Clique aqui e confira a reportagem).

Dois anos antes, em pesquisa realizada pela Furacao.com com jornalistas e atleticanos ilustres, ele foi apontado como integrante da Seleção dos 80 anos do Atlético (Conheça a Seleção dos 80 anos do Atlético).

Título da Raça

Com a camisa atleticana, o maior feito de Djalma Santos foi a conquista do Título Paranaense de 1970, considerado o Título da Raça.

Ele foi titular do time que em setembro daquele ano venceu o Seleto por 4 a 1, em Paranaguá, e conquistou a taça, quebrando um jejum de 12 anos sem títulos do clube.

Em setembro de 2005, nas comemorações dos 35 anos dessa conquista, Djalma Santos esteve em Curitiba na abertura da exposição "1970, o Título da Raça", organizada pelos sites Furacao.com e RubroNegro.Net.

Na oportunidade, ele destacou a amizade que existia naquele grupo. "O que valeu era a amizade, a união. Isso nos fez conseguir o título. Título esse que começou a construir o que o Atlético é hoje", disse na época.

Entrevista

Em entrevista ao jornalista Juca Kfouri, Djalma relembrou um pouco da passagem que teve pelo Atlético. Confira no vídeo abaixo:



Clique aqui para relembrar a carreira de Djalma Santos.

A Furacao.com lamenta o falecimento do ídolo atleticano e presta condolências a toda sua família e amigos.

Facebook  

Matéria do site Furacao.com:
http://www.furacao.com/materia.php?cod=42550

Materias Relacionadas - 01/07/2013 - Por Onde Anda - Djalma Santos é internado em Minas com pneumonia
- 26/03/2013 - Clube - Atlético, o time do povo
- 14/04/2010 - Por Onde Anda - Djalma Santos na Calçada da Fama do Maracanã
- 29/04/2008 - Furacao.com - Furacao.com elege "time dos sonhos"
- 19/11/2007 - Memória - Gazeta do Povo elege Atlético dos sonhos
- 06/05/2006 - Futebol - Djalma Santos integra seleção brasileira de todos os tempos
- 15/09/2005 - Título da Raça - Festa do título de 70 reuniu família atleticana
- 14/09/2005 - Título da Raça - Djalma Santos: "O Atlético vai dar muitas alegrias"

© Furacao.com. Todos os direitos reservados. Reprodução permitida desde que citada a fonte.

Últimas Notícias
Desde 1996 - Furacao.com - Site 100% não oficial - Agência Active